<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d17907059\x26blogName\x3dVerso+e+Prosa\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dTAN\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://versos-prosa.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://versos-prosa.blogspot.com/\x26vt\x3d-6484013593909643845', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script><!-- --><div id="flagi" style="visibility:hidden; position:absolute;" onmouseover="showDrop()" onmouseout="hideDrop()"><div id="flagtop"></div><div id="top-filler"></div><div id="flagi-body">Notify Blogger about objectionable content.<br /><a href="http://help.blogger.com/bin/answer.py?answer=1200"> What does this mean? </a> </div></div><div id="b-navbar"><a href="http://www.blogger.com/" id="b-logo" title="Go to Blogger.com"><img src="http://www.blogger.com/img/navbar/2/logobar.gif" alt="Blogger" width="80" height="24" /></a><form id="b-search" name="b-search" action="http://search.blogger.com/"><div id="b-more"><a href="http://www.blogger.com/" id="b-getorpost"><img src="http://www.blogger.com/img/navbar/2/btn_getblog.gif" alt="Get your own blog" width="112" height="15" /></a><a id="flagButton" style="display:none;" href="javascript:toggleFlag();" onmouseover="showDrop()" onmouseout="hideDrop()"><img src="http://www.blogger.com/img/navbar/2/flag.gif" name="flag" alt="Flag Blog" width="55" height="15" /></a><a href="http://www.blogger.com/redirect/next_blog.pyra?navBar=true" id="b-next"><img src="http://www.blogger.com/img/navbar/2/btn_nextblog.gif" alt="Next blog" width="72" height="15" /></a></div><div id="b-this"><input type="text" id="b-query" name="as_q" /><input type="hidden" name="ie" value="ISO-8859-1" /><input type="hidden" name="ui" value="blg" /><input type="hidden" name="bl_url" value="alemdaspalavras.blogspot.com" /><input type="image" src="http://www.blogger.com/img/navbar/2/btn_search_this.gif" alt="Search This Blog" id="b-searchbtn" title="Search this blog with Google Blog Search" onclick="document.forms['b-search'].bl_url.value='alemdaspalavras.blogspot.com'" /><input type="image" src="http://www.blogger.com/img/navbar/2/btn_search_all.gif" alt="Search All Blogs" value="Search" id="b-searchallbtn" title="Search all blogs with Google Blog Search" onclick="document.forms['b-search'].bl_url.value=''" /><a href="javascript:BlogThis();" id="b-blogthis">BlogThis!</a></div></form></div><script type="text/javascript"><!-- var ID = 15148318;var HATE_INTERSTITIAL_COOKIE_NAME = 'dismissedInterstitial';var FLAG_COOKIE_NAME = 'flaggedBlog';var FLAG_BLOG_URL = 'http://www.blogger.com/flag-blog.g?nav=2&toFlag=' + ID;var UNFLAG_BLOG_URL = 'http://www.blogger.com/unflag-blog.g?nav=2&toFlag=' + ID;var FLAG_IMAGE_URL = 'http://www.blogger.com/img/navbar/2/flag.gif';var UNFLAG_IMAGE_URL = 'http://www.blogger.com/img/navbar/2/unflag.gif';var ncHasFlagged = false;var servletTarget = new Image(); function BlogThis() {Q='';x=document;y=window;if(x.selection) {Q=x.selection.createRange().text;} else if (y.getSelection) { Q=y.getSelection();} else if (x.getSelection) { Q=x.getSelection();}popw = y.open('http://www.blogger.com/blog_this.pyra?t=' + escape(Q) + '&u=' + escape(location.href) + '&n=' + escape(document.title),'bloggerForm','scrollbars=no,width=475,height=300,top=175,left=75,status=yes,resizable=yes');void(0);} function blogspotInit() {initFlag();} function hasFlagged() {return getCookie(FLAG_COOKIE_NAME) || ncHasFlagged;} function toggleFlag() {var date = new Date();var id = 15148318;if (hasFlagged()) {removeCookie(FLAG_COOKIE_NAME);servletTarget.src = UNFLAG_BLOG_URL + '&d=' + date.getTime();document.images['flag'].src = FLAG_IMAGE_URL;ncHasFlagged = false;} else { setBlogspotCookie(FLAG_COOKIE_NAME, 'true');servletTarget.src = FLAG_BLOG_URL + '&d=' + date.getTime();document.images['flag'].src = UNFLAG_IMAGE_URL;ncHasFlagged = true;}} function initFlag() {document.getElementById('flagButton').style.display = 'inline';if (hasFlagged()) {document.images['flag'].src = UNFLAG_IMAGE_URL;} else {document.images['flag'].src = FLAG_IMAGE_URL;}} function showDrop() {if (!hasFlagged()) {document.getElementById('flagi').style.visibility = 'visible';}} function hideDrop() {document.getElementById('flagi').style.visibility = 'hidden';} function setBlogspotCookie(name, val) {var expire = new Date((new Date()).getTime() + 5 * 24 * 60 * 60 * 1000);var path = '/';setCookie(name, val, null, expire, path, null);} function removeCookie(name){var expire = new Date((new Date()).getTime() - 1000); setCookie(name,'',null,expire,'/',null);} --></script><script type="text/javascript"> blogspotInit();</script><div id="space-for-ie"></div>
Verso e Prosa: Outubro 2008

Aguardem...
Livro de Teresa Cordioli

 

Nome: Teresa Cordioli

 

E-mail: teresacordioli@poetic.com

Signo: Escorpião

Data de Nasc.: 15-11

Cor Preferida: Azul/amarelo

Uma Pedra: Ametista

Comida: Massas /peixes/arroz e feijão....

Hobby: escrever/pintar

Detesta:
Falsidade, Cinismo e Mentira

Adora: Verdade

Religião: Cristã

Uma Preocupação
: Muitas

Uma Saudade:
  Todas


Regra da Vida: " Fazer o que a mim compete, e o que compete aos outros se necessário ajuda-los"

Um Amigo: Meus filhos...

Uma mania: Preocupar-se sem necessidade

Uma Frase: " Te amo "

Descontração: Contemplar o pôr do Sol, ou o nascer da Lua.... contar estrelas...ouvir o  canto dos pássaros, flores....uma boa música....

Uma Lembrança: (4) o nascimento de meus filhos e de meu amor.....

Um Sonho: Aquele que eu ainda não sonhei....

Biografia: três filhos e duas netas.....

Sou muito alegre, divertida e amiga, sou apaixonada por DEUS, e pelo meu JESUS, sou conhecida como uma mulher de muita Fé. E sou....
Esse meu jeito de quem enfeita a vida em seu trajeto, de quem aceita a todos no peito aberto, é verdadeiro. É o jeito de quem aprendeu a amar bem cedo e a conhecer Deus em cada trejeito. Sou assim, essa que não sabe passar em vão pelos irmãos em vida, pois sabe que da vida nada mais se leva do que o que se viveu. Sou essa mulher sensível e também de coragem e força, que dá e cobra respeito, valor fundamental e tão esquecido, ignorado nesses dias.
Bacharel em Direito pela Universidade Metodista de Piracicaba, UNIMEP, em julho de 2004, e posso com certeza afirmar que esta foi a melhor poesia que escrevi na minha vida.

Participação em vários livros... mas nenhum que posso chama-lo de meu...

O resto está escrito em minhas poesias....
 



E-mail






Sergio Endrigo - Teresa


 Reloginho




 Link Me
 







 Blogs Amigos

Teresa Cordioli

Blog
Blog
Blog
Blog
Blog
Blog


 Passado


 

Créditos






Em que mundo habito?

Teresa Cordioli


Essa é a pergunta que não me cala:
- Quem sou eu?
Sempre me foi uma incógnita, quem?
Que mundo habito? Quem são os que me rodeiam?
Hoje no meu silencio, descobri que faço parte de uma grande gangue...
Uma gangue que se chama humanidade.
Descobri que nesse meio onde eu habito reina o ódio, a inveja, o rancor, a mentira a falsidade...
Com os meus olhos eu vi que o duelo dos homens, pela ganância pelo poder, pelo ter, faz com que não se respeitem mais, por não conhecerem o amor... E se entre eles houver aquele que tenta conhecê-lo, é excluído do meio...
Ah, quanta hipocrisia nos olhares, quanto medo, quanto engano, quanta falsidade eu vi dentro dos olhos dos meus irmãos...
Mesmo assim não desisti, segui com o tempo sem olhar para trás, fui rasgando o amanhã como vento em grandes temporais na esperança de descobrir o que estou fazendo aqui. Pergunto-me o que posso fazer para mudar essa rotina? Procuro algo que eu possa fazer e não encontro uma luz, então por conta e risco resolvi amar e perdoar sem medidas, mas isso não foi suficiente, uma voz me disse:
- Em primeiro lugar você necessita entendê-los, ai sim, você poderá perdoá-los e amá-los intensamente. Só que para entendê-los eu tive que me juntar a eles, viver o dia a dia deles, saber o que os fazem tão frios na matéria do amor, então me vi diante de mais um desafio, um grande desafio: Conhecer o berço de cada um, ali onde se guarda todo segredo.
O primeiro berço que conheci foi com a chegada de um casal da maternidade, dias difíceis, papai corre para pagar maternidade, comprar fraldas, enfim tudo o que se muda com a chegada do novo rebento, a mãe apavorada com as ultimas arrumações do quartinho do bebe, tipo papel de parede, almofadas, babá eletrônica, sem contar com as dores no seio, acha que não vai conseguir amamentar, a criança chora, ela diz ter pouco leite, incomodada pede para o marido voltar á farmácia e comprar leite NAN e uma MAMADEIRA, pronto, tudo resolvido, o neném mamou rapidinho e foi para o berço, dormiu e as feridas do peito começam a cicatrizar.
A Babá contratada chega e tudo se tornam mais fácil, os pais agora podem descansar, a Babá é profissional no assunto (recém-nascido), os quartos ficam um pouco distante um do outro, a mamãe nem precisa se levantar se a criança acordar...
Logo pela manhã o casal é recebido com uma bela e farta mesa de café da manhã, afinal, cansados o marido precisa aproveitar os dias da licença paternidade para colocar seus negócios particulares em dia... Em seguida sai para contar para os amigos o quanto à criança é linda, fumar uns charutos longe da casa, afinal a fumaça é forte.
A mãe liga e recebe ligações, vai logo dizendo que tiveram sorte, pela maravilhosa ajudante, chegando a dizer que ela é uma verdadeira mãe para o bebe.
Fui conhecer o segundo berço, uma jovem muito novinha sai da maternidade acompanhada de sua mãe que carrega o bebe no colo.
No rosto da jovem um sorriso largo, olhar distante a avó toda preocupada faz sinal para o ônibus, sobem com cuidado a menina (mãe) nem parece ter saído da maternidade, foi parto normal, a avó já com mais dificuldades pela presença do bebe tão pequeno no colo...
Ao chegar em casa a jovem mãe foi logo tomar um banho enquanto a avó aquecia a água para banhar o bebe, em seguida o mesmo já banhado é levado para o carrinho pela vovó que o toma em seus braços como se fosse a mãe.
Em seguida a avó faz um jantar, serve para a filha que está deitada em sua cama falando ao telefone com as amigas colocando o “papo em dia” como costumam dizer, saber das novidades que aconteceram nos dias em que esteve no hospital.
A avó chega e pede para que a mãe amamente a criança, afinal já se passaram mais de 3 horas que saíram do hospital, a filha até tenta amamentar, mas não tem paciência, a criança ainda sem forças para sugar chora de fome por não conseguir pegar o bico do seio que nem se formou ainda.
No outro dia a avó corre para o posto de saúde mais próximo para ver o que pode ser feito. Orientada volta para casa com um bico de silicone, mas o processo é demorado (jovem não tem paciência), telefone toca, amigos já com saudades querendo visitar e dar uma roletada por ai... Assim vai, a avó para não ver a criança com fome toma a mesma decisão do berço nº 1, vai logo dando o leite em mamadeira, melhor do que ver chorar, à noite a criança dorme na cama de casal, o quarto é pequeno, não cabe berço, apenas o carrinho, ele vai dormir entre a mãe e a avó, mas hoje a mãe não está saiu com amigos foram em uma balada, a noite está fria, a avó o coloca bem juntinho do corpo para se sentir seguro e quentinho.
Fui visitar o terceiro berço, não vi a saída do hospital, fui ao fórum, lá procurei a mãe não encontrei, só vi dois jovens, estranhei, e me perguntei: O que pode haver ali que me levará a conhecer o terceiro berço? Só fui entender quando o juiz disse:
- “Defiro o pedido e informo que com essa decisão é dada a oportunidade de adoção a um casal de homossexuais do sexo masculino, mesmo sabendo a repercussão desse ato”.
Estranhei, ri e pensei, esse quero ver de perto, e lá fui eu, foi tudo mais fácil à criança já crescida, sem fraudas, sem mamadeiras, sem dores de barrigas, sabendo se virar sozinha e já conhecendo o casal de pais, logo se acostumou, também com toda mordomia recebida depois de ter sofrido tanto, ganhou na loteria sozinha.
Fui para o quarto berço, cadê o berço? Achei uma rede, uma mulher e várias crianças brincando. O marido estava de barco na busca da parteira, fiquei preocupada, se a bebe chegar não sei o que fazer será que tem tesoura para cortar o umbigo? Pensava, isso não pode acontecer não vai nascer antes da responsável chegar...Ufa! A parteira chega, tira da sacola uma maletinha e seus apetrechos, calma, com um sorriso nos lábios vai até a cozinha, faz um chá, serve para a futura mamãe, faz lá uma oração para o bom parto.
A criança chega berrando, forte, ainda embrulhado em um pedaço de lençol vai direto para o peito da mãe que tem leite jorrando, nem desmamou o filho caçula ainda, que agora vai dividir o peito com o bebe recém nascido.
Os irmãozinhos descalços lá do lado de fora da casa, choram de fome ao lado do pai que não sabe cozinhar e de cabeça baixa pensa: Será homi ou muié? Podia memo sê homi pra me ajudá na lida.
Se juntam para escolher o nome do novo membro da casa, por não saberem ler e escrever resolvem chamar a vizinha para ajudá-los, aproveitam para pedir que ela cozinhe um feijão e sirva com farinha. Foi uma grande festa, a mãe já se sentindo bem, levanta vai até o quintal e se junta a eles.
Choro e rio ao mesmo tempo, situação única, choro ao me ver diante de tamanha miséria financeira, rio ao ser convidada a participar da mesa onde pude comer o melhor feijão, temperado com água impura e acompanhado de farinha. Afirmo que nunca tinha visto tamanho amor e generosidade entre os irmãos principalmente frente a grande dificuldade existente na comunidade.
Nome escolhido, barriga cheia e muita alegria.
E eu, na missão que dei a mim mesma, de entender a humanidade, volto para casa com a certeza de ter descoberto, então, porque ela é tão fria em matéria de amor...


da série: Indignação...






Postado por Teresa Cordioli às 1:15 PM
 



O Homem Prometido
Teresa Cordioli.

Você foi à paz mais intensa que já tive
Você foi o amor mais bonito já vivido
O teu cheiro em minha pele eu mantive
Para ficar para sempre aqui comigo!

Você foi por Deus, o homem prometido
Que trouxe a marca no ombro tatuada
Feita por Ele, sem mesmo ter percebido
Só pra saber que era de ti que Ele falava

Dessa marca, Deus falou em meu ouvido
Mostrou seu nome antes de você chegar,
Falou da sua paz, do seu sorriso, do olhar,

Do homem que eu conhecia desde jovem,
Nada me fez segredo, só questão de esperar,
Preparado para me fazer feliz, e eu AMAR


.






Postado por Teresa Cordioli às 4:16 PM
 



MOÇA
Eduardo Potiguar

Moça bonita
Quanta andança e
Pela praça balança
O vestido fazendo
A todos babar....

E senta, e levanta
Sorri e se espanta
Quando um moço
Se chega querendo
Lhe falar.

Essa moça faceira
Se faz quase de freira
Mas deixa o pecado
Na mente dos homens
Vagar.


SOU EU??...
Teresa Cordioli

Sou sim moça faceira
Que se veste de freira...
E não é por besteira
que seguro o vestido!
Seria um perigo
O vento a saia levantar...

És somente tu menino
que vejo na praça...
E esse meu senta e levanta
é para criar em ti a esperança
De ver a minha saia
Subir com a dança...

Sou eu a moça bonita
Que tu a chamas de santa?
A mim espanta
Não gostar desse
Meu traje de freira...
Edu, é tudo besteira
Eu só quero te conquistar...


Mais uma linda brincadeira com esse meu amigo irmão Eduardo Potiguar...
Obrigada pelo convite de duetar, está ai...






Postado por Teresa Cordioli às 9:34 AM
 



A Cor dos Meus Olhos
Teresa Cordioli

Os meus olhos quase verdes
tendem a perder a cor,
as vezes, sinto ser de saudade,
assim lavados pelas lágrimas que caem
desbotando-os fazendo perder o brilho...
Outras, de pura indignidade,
por não entender
e não saber
qual a verdade
escondida entre teus versos,
quase raridades... que são como
as cinzas,
as cinzas tempestades...


A cor di olhos
Geraldo Antonio dos Reis.

A cor dos olhos
Quase verdes
O mundo inteiro
Em teu sorriso
Minhas grandes ausências
Nos teus cabelos curtos?
Sinto saudades dos teus versos
Para mim escritos...
Ou quase
É que torno meu
O que em meu coração toca
Ou se em meus olhos
Margeiam lagrimas
Não de dor ou sofrimento
Alegrias...
Em que em teus olhos encontro
Vivo em fuga
De medos e monstros
Que crio e alimento
Mas encontro paz em versos
Confiança em poesias
Que não são para mim
Mas me vejo
E sinto
E minto
E acredito
Na cor quase verde
Dos teus olhos
Nestas fotos que ainda guardo
Ah! Gritaria seu nome...
Grito o seu nome
Não me ouve flor?
Fujo do tempo
Fazendo com que passe
Sem mim
Mas me volto para teus olhos
E já faz tanto tempo
Mas ainda sou um menino
Das Minas Gerais
Com um coração de beija-flor
E beijos de colibri...







Postado por Teresa Cordioli às 9:36 PM
 



Hoje o sol apareceu em minha janela

E sorriu para mim dizendo assim:
- Você 'é' feliz...
Também sorri, pois com sua presença
descobri que a chuva chegou ao fim...






Postado por Teresa Cordioli às 9:20 PM
 




Nas asas de um Beija-Flor...

Um dia aprendi a voar
voei, voei, voei...
nas asas de um Beija-Flor.
Em nossas revoadas,
vivemos entre
“o sonho e a realidade”
até construirmos nosso ninho
o chamado felicidade...
Durante anos,
nossas revoadas foram
apenas de sonhos
para depois sim,
vivermos um amor de verdade,
esse, que hoje
carrego no peito
apenas em forma de saudade...
E a tua imagem
que ficou cravada
como pedra rara
na pupila de meus olhos
ainda voas em meus pensamentos










Postado por Teresa Cordioli às 9:17 PM
 

DESEJOS INSANOS.


Como faço para te esquecer?
Se teu sabor está em meus lábios sedentos?
Como posso viver sem esse amor
Que me preencheu por dentro?
Como posso ficar sem tuas mãos sedutoras
Que em meu corpo são tormento?
Como posso ficar sem teus beijos
Que para os meus são complemento?
Quando tuas mãos me tocam
Alcançando minha alma em chama
Entrego-me a ti sem pudor
Rasgando o véu do amor
Nos mais loucos e insanos desejos.
Como posso querer te esquecer
Se somente tu me das prazer...






Postado por Teresa Cordioli às 9:15 PM
 

<body><!-- --><div id="b-navbar"><a href="http://www.blogger.com/" id="b-logo" title="Go to Blogger.com"><img src="http://www.blogger.com/img/navbar/1/logobar.gif" alt="Blogger" width="80" height="24" /></a>=form id="b-search" action="http://www.google.com/search"><div id="b-more"><a href="http://www.blogger.com/" id="b-getorpost"><img src="http://www.blogger.com/img/navbar/1/btn_getblog.gif" alt="Get your own blog" width="112" height="15" /></a><a href="http://www.blogger.com/redirect/next_blog.pyra?navBar=true" id="b-next"><img src="http://www.blogger.com/img/navbar/1/btn_nextblog.gif" alt="Next blog" width="72" height="15" /></a></div><div id="b-this"><input type="text" id="b-query" name="q"><input type="hidden" name="ie" value="UTF-8"><input type="hidden" name="sitesearch" value="largadoemguarapari.blogspot.com"><input type="image" src="http://www.blogger.com/img/navbar/1/btn_search.gif" alt="Search" value="Search" id="b-searchbtn" title="Search this blog with Google"><a href="javascript:BlogThis();" id="b-blogthis">BlogThis!</a></div></form></div><script type="text/javascript"><!-- function BlogThis() {Q='';x=document;y=window;if(x.selection) {Q=x.selection.createRange().text;} else if (y.getSelection) { Q=y.getSelection();} else if (x.getSelection) { Q=x.getSelection();}popw = y.open('http://www.blogger.com/blog_this.pyra?t=' + escape(Q) + '&u=' + escape(location.href) + '&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;n=' + escape(document.title),'bloggerForm','scrollbars=no,width=475,height=300,top=175,left=75,status=yes,resizable=yes');void(0);} --></script><div id="space-for-ie"></div><!-- --><div id="b-navbar"><a href="http://www.blogger.com/" id="b-logo" title="Go to Blogger.com"><img src="http://www.blogger.com/img/navbar/1/logobar.gif" alt="Blogger" width="80" height="24" /></a><form id="b-search" action="http://www.google.com/search"><div id="b-more"><a href="http://www.blogger.com/" id="b-getorpost"><img src="http://www.blogger.com/img/navbar/1/btn_getblog.gif" alt="Get your own blog" width="112" height="15" /></a><a href="http://www.blogger.com/redirect/next_blog.pyra?navBar=true" id="b-next"><img src="http://www.blogger.com/img/navbar/1/btn_nextblog.gif" alt="Next blog" width="72" height="15" /></a></div><div id="b-this"><input type="text" id="b-query" name="q"><input type="hidden" name="sitesearch" value="largadoemguarapari.blogspot.com"><input type="image" src="http://www.blogger.com/img/navbar/1/btn_search.gif" alt="Search" value="Search" id="b-searchbtn" title="Search this blog with Google"><a href="javascript:BlogThis();" id="b-blogthis">BlogThis!</a></div></form></div><script type="text/javascript"><!-- function BlogThis() {Q='';x=document;y=window;if(x.selection) {Q=x.selection.createRange().text;} else if (y.getSelection) { Q=y.getSelection();} else if (x.getSelection) { Q=x.getSelection();}popw = y.open('http://www.blogger.com/blog_this.pyra?t=' + escape(Q) + '&u=' + escape(location.href) + '&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;n=' + escape(document.title),'bloggerForm','scrollbars=no,width=475,height=300,top=175,left=75,status=yes,resizable=yes');void(0);} --></script><div id="space-for-ie"></div>